Pular para o conteúdo
Início » Blog » A evolução dos teclados ao longo do tempo

A evolução dos teclados ao longo do tempo

A evolução dos teclados ao longo do tempo é algo que chama atenção. Afinal, já existiram diversos modelos desse periférico. Então, confira esse post com uma linha do tempo para te mostrar as mudanças com o passar dos anos.

Como se deu a evolução dos teclados ao longo do tempo?

Com o passar do tempo, os teclados sofreram uma série de mudanças. Assim, todas elas foram focadas em melhorar a experiência do usuário. Dessa forma, vale a pena acompanhar de perto essas nuances.

Máquina de escrever

Não se pode falar da evolução dos teclados sem citar a máquina de escrever. Afinal, ela foi a grande precursora desse periférico. Além disso, o primeiro registro que se tem de tipografia foi de uma patente feita em 1714, por Henry Mill.

Seu objetivo na época era deixar os documentos legais e legíveis. Ainda mais, sua ideia era padronizá-los ao máximo. No século XIX, outros tipos de máquinas de escrever surgiram.

Alguns modelos não vingaram, pois não eram fáceis de usar. No entanto, a primeira máquina comercial foi a Model 1. Assim, ela tinha o mesmo método de escrita dos teclados atuais.

A evolução dos teclados ao longo do tempo
Os teclados evoluíram muito com o passar dos anos. Imagem de Pixabay no Pexels.

Teletipo

O segundo avanço na história foi com o teletipo. Dessa forma, parecia muito uma máquina de escrever. Sua função era transmitir dados e informações.

BINAC

Esse computador de 1949 tinha uma máquina conectada para que as pessoas pudessem digitar. Inclusive, ele permitia até imprimir os dados escritos ali.

Parceria entre MIT, Bell Labs e General Electric

Essa união resultou na tecnologia de compartilhamento de dados. Assim, eles criaram o VDT, video display terminal. Dessa forma, o conteúdo era digitado e aparecia em um equipamento parecido com um monitor.

Esse foi o ponto-chave para que a evolução dos teclados deslanchasse. Afinal, já se tinha o mesmo método de funcionamento atual. Então, as adaptações que vieram depois focaram no hardware.

Teclado de membrana

Um dos modelos de teclados mais famosos é aqueles que usam uma membrana de silicone. Assim, ela fica entre as teclas e fecha todo o circuito que leva os dados para o monitor. São versões mais acessíveis e baratas desse tipo de periférico.

A evolução dos teclados ao longo do tempo
Existiram diversas versões de teclados diferentes. Imagem de Pixabay no Pexels.

Teclado mecânico faz parte da evolução desse periférico

Ele conta com mecanismo individual para cada tecla, conhecido como switch. Dessa forma, oferece um melhor tempo de resposta. Além disso, é mais confortável para quem passar horas no computador.

Por isso, quem trabalha com digitação costuma preferir esse tipo de teclado. Apesar de não ser tão silencioso, ele é bem mais agradável ao toque.

Teclado gamer

Esse é o modelo mais recente, a versão gamer dos teclados. Assim, seu foco é proporcionar uma melhor experiência para quem ama jogos. Afinal, conta com vários recursos, ideias para o ambiente virtual.

O que esperar da evolução dos teclados?

A evolução dos teclados não vai parar por aí. Então, espera-se que nos próximos anos, melhorias sejam feitas nesse tipo de periférico. Ainda mais, nada impede que outra versão seja lançada.

O importante é que o digitador entenda qual o melhor teclado para o seu dia a dia. Dessa forma, seu trabalho se torna mais ágil e é possível garantir um conforto maior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Texto por:

Fábio Gomes

Com mais de 10 anos de experiência como professor de informática e marketing, graduou-se em Business Marketing pela Ohio University(EUA), Inovação e Gestão de Projetos pela ISCTE (Lisboa), Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Web pela PUC Minas, e Produção Multimídia pela UniBH.